17 de dezembro de 2017

Comuna 13: onde as paredes contam histórias

Comuna 13, Medellín • COL

No último post, falei pela primeira vez sobre o narcotráfico em Medellín aqui no blog, mas ele não foi suficiente para explicar o quão complexa é a relação do povo da cidade, e até de estrangeiros, com essa temática.

Parece surreal para mim que algumas pessoas glorifiquem traficantes mundialmente conhecidos, como Pablo Escobar, mas isso precisa ser pontuado. Além de algumas comunidades favorecidas por ele, pessoas pelo mundo todo, especialmente depois da série de TV, passaram a simpatizar com o sujeito por causa da sua personalidade e pelo poder que emanava.

Descobri até que ele foi motivo de alguns voluntários que trabalharam comigo estarem na cidade. Eles visitavam sempre que podiam algum ponto que fez parte da história do Pablo, como o prédio em que aconteceu o atentado contra sua família, a casa em que ele morreu, a fazenda que ele tinha no interior... lugares que, para mim, só representam violência, massacre e destruição. Não fiz questão de conhecer nenhum deles. Mas verdade seja dita, Medellín tem parte de seu turismo voltado para seu passado violento e particulares ganham dinheiro com isso.

Comuna 13, Medellín • COL

Existem disponíveis visitas a lugares como os que comentei anteriormente, relacionadas ao Pablo, sendo que a maioria deles não são sequer para reflexão do que aconteceu, apenas para sanar a curiosidade de alguns e tirar fotografias que me parecem extremamente desrespeitosas, com cenários improvisados, armas de brinquedos e variedades. Ter visto uma delas ser mostrada com orgulho por alguns colegas foi suficiente para que eu me sentisse muito mal, imagina se eu estivesse lá com eles.

Esse é um turismo que eu não considero saudável nem para quem o oferece nem para quem o aceita. Esse é mesmo o seu herói? Eu tinha vontade de perguntar.

Por outro lado, como eu disse por aqui outro dia, a história precisa ser lembrada. Para que ela deixe de ser um símbolo de tristeza e sofrimento e se transforme em superação e resistência para o futuro. Por isso que eu achei tão incrível a proposta do museo casa de la memoria e, hoje, venho mostrar mais um lugar que, na minha concepção, ajuda, de fato, no processo de transformação que eu apoio e tentei incentivar enquanto estive na cidade: a comuna 13.

Comuna 13, Medellín • COL Comuna 13, Medellín • COL

Essa comunidade foi um palco verídico de perseguições, assassinatos e luta entre gangues, além de mais algumas entre elas e a polícia. Sua localização de difícil acesso, situada na parte alta de uma das muitas montanhas de Medellín, acabou por isolar o local e propagar a ideia de que ela seria um dos lugares mais perigosos da cidade.

Durante o processo de pacificação, há alguns anos, as tragédias não foram poucas, a fim de acabar com a zona de guerra que se instalou, mas a maneira com que a comunidade, inocente nessa história toda, encontrou para abraçar a paz que eles tanto queriam e para tentar superar os acontecimentos, sem esquecê-los, foi muito bonita e emocionante de ver.

Hoje em dia, grafiteiros locais contam um pouco da história deles em forma de imagens. As paredes desse lugar, uma vez manchadas de sangue, agora são pintadas com arte - assim me disse um morador.

Comuna 13, Medellín • COL Comuna 13, Medellín • COL

Ainda, as autoridades locais, para viabilizar o acesso à comunidade e integrá-la ao resto da cidade sem que fosse necessário subir os mais de trezentos degraus que faziam parte da trajetória diária dos moradores, implantou seis escadas elétricas interligadas que tornaram possível toda a subida ao morro em menos de cinco minutos.

Isso tudo mexeu com a qualidade de vida das pessoas e tornou a comunidade mais segura, além de um ponto turístico para aqueles que querem conhecer melhor a sua história. Existe um tour guiado pelos grafiteiros, inclusive, que explica algumas imagens e conceitos, mas só de ter ido por conta própria e feito o trajeto até lá em cima, dando uma olhada nos desenhos, já valeu a pena.

Comuna 13, Medellín • COL Comuna 13, Medellín • COL

Estávamos meio inseguras no início, porque descemos na estação san javier, da linha B de metro, e ainda tivemos que pegar um ônibus até a base da comunidade, mas foi tudo muito tranquilo. Fomos pedindo informação e logo descobrimos que tanto a linha de ônibus 225 quanto a 228, bem ao lado da estação, serviam pra gente. O dia estava especialmente bonito quando fomos e ainda tivemos a chance de presenciar mais uma vista daquelas da cidade.

Comuna 13, Medellín • COL
+ Transporte em Medellín: como se mover na cidade e não se perder

E ah! É por ali que ficam las casitas, construções especialmente coloridas, que chamam atenção de longe, porque quase todo o resto de Medellín é constituída de marrom, por causa dos tijolos à mostra; e de verde, por causa da natureza.

A arte que rodeia o lugar também dá uma vida à comuna 13, ainda que nem sempre ela traga boas lembranças.

Comuna 13, Medellín • COL Comuna 13, Medellín • COL

Pra mim, esse sim é o tipo de lugar que se deve prestigiar. Não pelo seu passado, mas pela força que teve para seguir em frente. Além dos diversos espaços incríveis que Medellín e todo o resto do país proporciona.

Comuna 13, Medellín • COL

Colombia no es Pablo! - como diz uma página no facebook que eu conheci. Verdade incontestável.

(Para visitá-la, é só clicar aqui.)


nos acompanhe pelo face • insta  youtube 


Escrito por: Lisete Reis


 

2 comentários:

  1. Que post lindo, miga. Amo o seu jeito de olhar as coisas e de mergulhar fundo na energia dos lugares que visita. Nós somos o conjunto de sentimentos que deixamos por aí, não é mesmo? E você é muita luz, empatia e amor. Te amo!

    Beijos da sua amiga mais que ansiosa pelos próximos posts. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te amo! Suas palavrinhas fazem meus dias mais bonitos. Vou sair desse post com o coração quentinho. ♡ E meu sentimento é recíproco em relação a você. Vamos continuar espalhando amor por aí, miga.

      Excluir

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Newsletter

Publicidade

Booking.com