12 de novembro de 2017

El Castillo: onde tudo que parece não é

El Castillo, Medellín • COL

Fake. É a palavra que resume esse museu. Eu gostaria de ser mais delicada quanto a ele, mas vou ser sincera, ainda mais para vocês não acharem que amei todos os lugares que conheci em Medellín - como estava tentada a concordar até conhecer o el castillo. Ainda assim, verdade seja dita, não havia tempo ruim comigo e com a Manu, nós fizemos desse passeio uma grande piada e rimos dele até muito tempo depois.

El Castillo, Medellín • COL

Primeiro, quero deixar claro que ele é um castelo aparentemente bem bonito. Tem uma área livre com jardins enormes e algumas mesinhas para você se sentar, mas por se tratar de uma propriedade privada, você precisa pagar 10.000 COP apenas para ter acesso aos tais jardins. Paramos na porta, onde fica a bilheteria, considerando se entraríamos mesmo ou não, devido a esse pequeno absurdo, mas já estávamos lá mesmo, né? 

Também há um museu na parte interior do castelo, o qual encaramos totalmente desavisadas do que nos esperava. Só concordamos porque para entrar no museu só precisávamos pagar 2.000 COP a mais e, considerando que já estávamos nos dando mal por causa dos jardins, não nos custaria tanto.

El Castillo, Medellín • COL
+ Moeda colombiana, custo de vida e casas de câmbio em Medellín

Aquela era nossa segunda semana de trabalho e estava sendo bastante corrida para a gente, tendo que bolar atividades para as crianças do projeto merry christmas, como falei pra vocês em outro post, então estávamos sem tempo de visitar alguns pontos turísticos da cidade. Tivemos a ideia de ir para algum lugar aberto justamente para conseguirmos unir as duas coisas: trabalhar fazendo materiais para as crianças e conhecer um lugar novo, mas fomos surpreendidas.

El Castillo, Medellín • COL
O el castillo estava relativamente vazio. Haviam apenas alguns desavisados, como nós. Resolvemos fazer o tour de cara, para ficarmos livres, mas ele levou quase uma tarde inteira e foi um completo fracasso, porque ele não dizia respeito a nada interessante relativo à cidade. Se tratava, simplesmente, de um tour pelo castelo de um homem muito rico em Medellín, que acordou num dia e achou interessante mandar construí-lo.

Conhecemos os quartos da sua família, as milhares salas de estar que eles tinham, com réplicas de tudo quanto era coisa, e até uma casa de bonecas em tamanho real, de uma das filhas do tal homem rico. Quando a guia começava a explicar alguma coisa, eu e a Manu já nos olhávamos em entendimento, revirando os olhos mentalmente para a próxima imitação, o que incluiu uma réplica da Monalisa, do menor livro do mundo e até de árvores de uma região da Europa, que nem se adaptaram bem ao clima da Colômbia, por isso estavam com um aspecto sofrível. Vocês acreditam que até esquilos o homem mandou levar para lá? Para simular ainda mais um ambiente europeu. Nós ficamos com vontade de rir em alguns momentos, em outros, de sair correndo dali! Mas tivemos que esperar o tour terminar, porque não era permitido vagar pelo castelo sem acompanhamento.

El Castillo, Medellín • COL

Quando finalmente ficamos livres, nos jogamos numa das mesinhas e fomos trabalhar no nosso objetivo da tarde: construir máscaras de carnaval. O dia seguinte seria um dia de carnaval brasileiro em pleno dezembro para a nossa turma da fundação e tínhamos que fazer mais de quarenta máscaras  infantis até o fim do dia, uma missão quase impossível quando notamos que começara a anoitecer e mal tínhamos um molde de que gostássemos. Cartolinas coloridas espalhadas pela mesa, lãs de todas as cores, cola e uma garrafa vazia de chá gelado depois - que ainda usamos para dividir a cola -, decidimos terminar as máscaras em nossas respectivas casas.

Foi um dia muito maluquinho, para rirmos do tal homem rico, de nós mesmas e fugirmos de alguns esquilos, que estavam atrás do nosso chocolate jumbo, enquanto tentávamos ser meninas sérias. Talvez, apenas talvez, nós tenhamos gritado e chamado atenção quando um deles subiu nas nossas mochilas apoiadas no banco e ameaçou subir na mesa em que estávamos.




O museu el castillo não é  um lugar que eu recomendaria, mas se você realmente não tiver o que fazer e quiser dar umas risadas pela futilidade alheia, vai fundo. Ele não fica perto de nenhuma estação de metro, a mais próxima é a aguacatala, mas dá para chegar lá caminhando em uns trinta minutos. Sei bem porque foi o que fizemos ao sair de lá. 

É um pouco cansativo, mas não sabíamos qual ônibus pegar, nós só conseguimos chegar ali mais cedo porque a diretora da nossa fundação fizera um mapa maravilhoso, indicando dois caminhos possíveis e até os números dos ônibus que poderíamos pegar de san antonio até ali - o 236, que nos deixou bem na entrada do museu, e o 235, que nos deixaria um pouco mais longe.

Antes de encerrar, apenas para não dizer que nenhum lugar do museu ganhou meu coração: eu morri de inveja da sua biblioteca. Seu estilo era bem clássico, com estantes de livros do chão ao teto altíssimo. Meu sonho de princesa. Não tirei fotos do ambiente em si, mas tirei de um globo maravilhoso esquecido em um canto da sala. Vou deixar o registro, só não contem pra ninguém, porque nem podíamos tirar foto lá dentro!

El Castillo, Medellín • COL

O nível máximo de aventura desse rolê foi a Manu me dar cobertura enquanto eu esperava um momento oportuno para tirar essa fotinho às escondidas.


leia também


Escrito por: Lisete Reis


 

2 comentários:

  1. Poxa, que triste que não foi como vocês esperavam, mas pelo menos rendeu umas risadas pra lembrar depois desse dia.
    E não consigo imaginar alguém querer recriar um clima europeu na Colombia haha até esquilos o homem levou e coitada das árvores hahaha xD
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Taís!! Que maluquice, né? Tanta ideia legal no mundo pra o homem investir o dinheiro... vai entender! Mas como você disse, fico com as risadas e um post (provavelmente o único) do que não fazer nessa cidade, hahaha.
      Beijos!

      Excluir

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Newsletter

Publicidade

Booking.com