25 de outubro de 2017

Desfile mitos y leyendas: conheça o folclore colombiano



O desfile de mitos y leyendas acontece em Medellín tradicionalmente todos os anos no mês de dezembro, com crianças e adultos representando as histórias que ouvem de seus pais desde pequenos, através de trajes, performances e músicas.

No ano de 2016, o desfile aconteceu nos arredores de San Antonio, bem no centro da cidade, pouco depois que eu, a Manu e a Lê saímos do parque arví, então fomos direto para lá. Primeiro houve uma concentração na praça principal e como chegamos cedo, deu tempo de ver a preparação de vários grupos diferentes e tirar algumas fotos engraçadas com um pessoal muito simpático que fomos encontrando pelo caminho.

Foi uma linda coincidência o desfile acontecer justo na época em que estávamos por lá, nos dedicando ao projeto da AIESEC, porque esse foi o tipo de coisa local que nos integrou à cultura da cidade e nos fez sentir um pouquinho colombianas.

Desfile mitos y leyendas 2016 • COL
+ Como funciona o intercâmbio social da AIESEC

De início, não sabíamos da existência desse desfile, uma das professoras da fundação em que eu trabalhei é que me contou sobre ele e começou a me explicar algumas lendas. A primeira foi uma que reconheci de imediato quando a vi representada no desfile: a das lloronas - mães que supostamente mataram seu filhos afogados e agora viviam vagando por aí, chorando copiosamente, tentando reencontrá-los.

Um pouco assustador, sim senhores, mas quando vi na concentração um bando de mulheres rogando por seus hijos, já soube logo do que se tratava e foi super legal me sentir por dentro do que estava acontecendo, nem que fosse um pouquinho.

Desfile mitos y leyendas 2016 • COL

Alguns mitos y leyendas não deu tempo de conhecer de antemãomas resolvi esse problema alguns dias depois do desfile, quando passei pelo centro, numa rua repleta de livros usados, e encontrei um livro infantil, mas super completo, que explicava mais de cinquenta mitos e lendas, divididos por regiões da Colômbia. 

Descobri que os duendes com os quais tiramos fotos fofíssimas são, na verdade, uns pestinhas! Imaginem essas crianças aprontando todas dentro de casa, escondendo coisas e colocando outras fora de lugar. Segundo a lenda, existem ainda uns duendes malévolos, que ficam irritadiços e podem te machucar. Quem diria isso sobre essas carinhas de anjo?

Desfile mitos y leyendas 2016 • COL mitos y leyendas colombianas

O desfile é bem organizado e a rua por onde ele passa fica completamente fechada, com barras que impedem a passagem das pessoas, exceto a dos participantes. No começo, como estávamos com eles, dando uma de penetras, até poderíamos ter ficado na parte de dentro, mas quando resolvemos sair para tomar algo, não conseguimos mais voltar.

Mesmo assim, nos acomodamos num balcão de um palmo de uma loja qualquer, subindo em cima dele para ter uma visão melhor, e assistimos tudo até o final. Completamente tronxas, mas enxergando tudo, quase num camarote. O engraçado é que alguns marmanjos tentaram copiar nossa técnica, mas se nós mal estávamos nos aguentando naquele espaço mínimo, imaginem eles!

Desfile mitos y leyendas 2016 • COL

As pessoas ao nosso redor eram muito comunicativas e dava para perceber quando nem elas sabiam do que se tratava uma lenda, o que é até compreensível, porque eu acho que não sei muitas das do Brasil também, mas a gente ficava tentando adivinhar assim mesmo e isso me deixou curiosa para buscar saber o significado de verdade. Como o livrinho ajudou bastante, vou registrar logo mais alguns dos mitos e lendas que marcaram presença no desfile.

Minha câmera descarregou logo início, então tenho pouquíssimas fotos, além daquele tempo nos bastidores, mas foi uma noite muito legal, quando vimos algo típico da região e pudemos fazer parte disso, sem gastar nenhum centavo. Alguns takes desse momento estão no vídeo que eu fiz da cidade.

Quando tudo terminou, não houve confusões ou algazarras, as pessoas foram se dirigindo ao metro aos poucos, localizado a apenas alguns minutos dali, rumo a suas casas, na maior tranquilidade e clima de festa. Se você sente vontade de ir para Medellín, uma coisa é certa: o mês de dezembro nunca será tedioso.


  • la candileja
Reza a lenda que ela é uma mulher muito bonita que ardeu em vida, por isso, vaga agora num cavalo em chamas, assustando homens que tratam mal a suas esposas, bêbados irresponsáveis e mentirosos. #girlpower #gocandileja 

mitos y leyendas colombianas

  • el sombrerón
Sempre rodeado da cor preta, desde o chapéu que lhe faz jus ao nome até o cavalo em que monta, reza a lenda que ele anda pelas ruas de Medellín durante a noite, buscando punir e humilhar os vagabundos por seus atos.

  • la patasola
Morando na selva, onde nem o mais aventureiro dos mortais pode chegar, dizem que ela atrai os homens em buscas de suas almas e os ilude em relação à sua beleza, depois se transforma numa mulher completamente desconfigurada, sendo sua principal característica não ter uma das pernas, daí vem seu nome, patasola.


Escrito por: Lisete Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Newsletter

Publicidade

Booking.com