27 de setembro de 2017

O Museo de Arte Moderno de Medellín e a lojinha mais maravilhosa da cidade

MAMM, Medellín • COL

Já não é segredo que o MAMM e sua lojinha do térreo, perto da entrada principal, são lugares que ganharam meu coração e foram verdadeiros achados inesperados durante minha estadia em Medellín. Falei um pouco sobre eles no post do parque lineal ciudad del río, localizado em frente ao museu, mas eles merecem uma atenção especial, considerando o tanto de coisa interessante que tem por lá.

A Manu estudava arquitetura, então estava especialmente interessada em conhecer o museu. Fomos juntas e ambas ficamos impressionadas com sua estrutura. São cinco andares de exposições, fixas e intinerantes, teatro, salas voltadas para temas específicos e um terraço que dá acesso a - mais uma - vista linda da cidade, além de bancos diferentões para você passar um tempo lendo um livro, escutando música ou só existindo mesmo, num lugar legal e privilegiado de Medellín.

MAMM, Medellín • COL MAMM, Medellín • COL
+ Transporte em Medellín: como se mover na cidade e não se perder

Para chegar lá, fomos andando da estação industriales. Não é exatamente perto, mas é um trajeto completamente possível de se fazer em cerca de quinze minutos. As primeiras coisas que avistamos foram as lojinhas do térreo na entrada principal e apesar de uma em específico ter ganho minha atenção, a outra não fica atrás no quesito beleza e fofura.

A diferença entre uma e outra é que, enquanto uma foca mais em objetos de decoração para casa, a outra oferece materiais de papelaria, camisetas personalizadas e itens pessoais, que acabaram me interessando mais. O nome da lojinha é la pequeña galeria e fez um rombo total de 80.000 COP no meu orçamento nesse dia. E eu ainda voltei algumas semanas depois, vocês acreditam? 

MAMM, Medellín • COL
Essa é a lojinha voltada para decoração de casa!

MAMM, Medellín • COL
E naquela portinha de fundo é que fica a la pequeña galeria. 

Quis levar metade da loja para mim e a outra metade para as pessoas especiais do meu convívio. Os preços são um pouco salgados, mas foi o único lugar em Medellín onde encontrei coisas realmente originais, com uma pitada de carinho em cada objeto, entre cartões postais, canecas, livros, acessórios e outros itens delicados e interessantes. Eu e Manu perdemos tanto tempo olhando cada coisa minuciosamente, com caras de bobas, que resolvemos não comprar nada de primeira, para pensarmos direitinho. Saímos em direção à entrada do museu, com a ideia de passar ali antes de ir embora, com mais calma, e foi o que fizemos. 

Talvez, apenas talvez, a gente tenha passado mais tempo ali que dentro do museu em si.

♡

Para ilustrar algumas das coisas que eu comprei, vou deixar algumas fotos registradas por aqui. Tenho quatro cartões postais no estilo desse das casitas, com pontos turísticos de Medellín e lembranças típicas de lá, que comprei com o objetivo de fazer quadrinhos. Até agora não me organizei para pendurá-los nem comprei nenhum moldura, mas tenho um apego especial por eles e quem sabe eu mostre o resultado futuramente. ♡

Comprei ainda uma caneca fofíssima, porque adquiri a mania maluca de trazer uma de lembrança de cada viagem, quando as vejo em alguma lojinha. Não é nada prático, né? Mas o resultado está sendo um armário cheio delas até agora e eu confesso que adoro escolher qual vou usar em cada dia. Elas me trazem lembranças maravilhosas e são itens que eu uso sempre.

♡

Comprei também um livrinho que foi o meu primeiro em espanhol. Ele é muito curto, mas tão lindo e mágico, que eu não resisti. Seu conteúdo foi produzido por escritores locais e conta com dicas de lugares esquecidos pelo moradores, diante da correria diária, mas importantes para a história da cidade e que valem uma visita. Se chama Rutas Secretas de Medellín e não poderia ser mais simbólico para mim nas minhas primeiras semanas por ali. O mais legal é que consegui visitar vários pontos que eles citam no livro e as informações que eles dão sobre cada lugar eu não descobriria de outra forma! ♡ Vocês poderão entender melhor quando eu falar do Museo Casa de la Memoria.

Além disso, sai de lá com muitos caderninhos lindos, de tons claros e simbólicos para pessoas especiais e para mim também. Eu adoro itens de papelaria e apesar de parecer exagero meu, estudar e escrever neles coisas aleatórias fez meu ano até agora, especialmente quando eu não estava muito animada, porque, mais uma vez: essas pequenas coisas evocam lembranças tão boas.

♡

Ainda no térreo, há uma pequena cafeteria aconchegante, mas fomos direto para a recepção falar com a atendente sobre como faríamos para ter acesso ao museu e ela foi super educada ao nos perguntar se tínhamos qualquer coisa que comprovasse que éramos estudantes. E ela reforçou: qualquer coisa mesmo, querendo nos ajudar a pagar menos. Uma fofa. Procuramos nossos comprovantes de matrícula no celular e ela aceitou prontamente, o que fez nossa entrada custar apenas 7.000 COP, com acesso a tudo que o museu podia oferecer.

MAMM, Medellín • COL
+ Moeda colombiana, custo de vida e casas de câmbio em Medellín

Ela ainda nos dera a dica maravilhosa de começar pelo último andar ao entrar no elevador, porque aí iríamos descendo em direção à saída e as exposições ficariam mais interessantes. 

Seguindo sua lógica, começamos pelo terraço do qual falei antes, que se mostrou a melhor maneira possível de iniciar esse tour. Passamos para as exposições mais empolgadas e inspiradas.

MAMM, Medellín • COL MAMM, Medellín • COL

As exposições em si variam bastante e um andar pode conter várias salas diferentes, abordando temáticas atuais como meio ambiente, miséria, arte abstrata e clássicos, seja em quadros ou esculturas.

Nunca fui muito conhecedora do meio, mas isso não me impediu de apreciar as obras assim mesmo, dando o significado que minha imaginação permitia. As críticas sociais foram as minhas preferidas, porque os sentimentos eram imediatos, de indignação e empatia.

MAMM, Medellín • COL MAMM, Medellín • COL MAMM, Medellín • COL
Lembrei da foto de quadrinhos que tirei em jampa! Alguém mais? Olha só. 
MAMM, Medellín • COL

De volta ao andar mais baixo, dessa vez dentro do museu mesmo, temos acesso a mais algumas salas de exposições, além de uma outra lojinha fofa, parecida com a que fica na entrada principal, mas bem menor, e uma livraria chamada al pie de la letra. Os valores são bastante altos ali, motivo pelo qual não levei nenhum livro, mesmo louca para adquirir vários em espanhol, mas aquele seria um desafio para outro momento.

MAMM, Medellín • COL

Fomos embora com a sensação boa de ter conhecido um dos lugares mais legais que visitamos até o momento. Se você tiver a chance, lembre-se de reservar uma manhã ou uma tarde inteira para aproveitar cada cantinho tranquilamente.

Ficar de olho na programação do teatro e do cinema de lá também pode ser uma boa pedida! Não tive a chance de voltar num outro dia, a não ser para passar rapidinho na lojinha, mas fiquei na vontade de ver alguns filmes que estavam em cartaz na época, seria um ambiente diferente para ter a experiência.

Ao sair do museu, você poderá recorrer ainda a um bancolombia próximo e lugares para comer. Além da cafeteria sobre a qual comentei antes, me lembro de uma subway, uma padaria enorme e um restaurante que deixou meu coração quentinho apenas passando na sua porta, porque ali soavam as vozes do Marcelo Camelo e da Mallu Magalhães, numa canção da banda do mar. 
MAMM, Medellín • COL

"pode ser o sol da tarde
e essas coisas que ele traz" 



Para mais fotinhos do MAMM, é só visitar meu flickr.


Carrera 44 #19A-100, Av. de las Vegas Ciudad del Río,
Medellín, Antioquia, Colômbia.


Escrito por: Lisete Reis


 

2 comentários:

  1. A cada post seu, minha vontade de conhecer a Colombia aumenta! Deveria ter feito quando morava por perto, agora só Deus sabe quando vou poder, hahaha!
    Eu amei a lojinha de souvenir, comprar essas coisas é comigo mesma! Principalmente postais.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa! Meu objetivo ao postar aqui é esse mesmo. ♡ E não se preocupa que um dia a gente consegue conhecer todos os lugares que queremos! A expectativa até o dia chegar também é uma delícia. :) Beijo, Ana!

      Excluir

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Newsletter

Publicidade

Booking.com