8 de março de 2016

Um dia em João Pessoa | Diário de Viagem

  Orla de Manaíra, PB {janeiro 2016} 

Quando meus pais confirmaram que iríamos para João Pessoa, eu fiquei super animada, mesmo sabendo que só passaríamos duas noites - o que se resumiu a apenas um dia completo - porque pior seria não conhecer a Paraíba, né? E já comecei a ter mil ideias pra aproveitar bem o tempo e ver tudo que eu tinha curiosidade. Obviamente que não correu tudo como eu planejei (principalmente porque eu sou a pessoa mais azarada do mundo), mas acho que fomos bem ágeis e eu amei o estado, como venho dizendo nos posts anteriores. 

Assim que chegamos, no fim da tarde, fomos lá para o pôr do sol na Praia Fluvial do Jacaré e eu já fiz um post sobre isso (clica aqui! Lá é lindo demais, gente, sério mesmo). O de hoje vai se resumir ao dia seguinte.

O que fazer em João Pessoa?

  Orla de Manaíra, PB {janeiro 2016}

A primeira coisa que fizemos quando amanheceu foi apreciar a vista linda da orla de Manaíra, onde ficamos hospedados. Assim como Tambaú e Cabo Branco, esse é um ótimo lugar para ficar, porque é pertinho de basicamente tudo. A cidade é pequena e isso, somado a beleza de suas praias, fez eu me lembrar de Maceió logo de cara.  Nem preciso dizer que esse foi um fator positivo.

  Orla de Manaíra, PB {janeiro 2016}

A diferença mais gritante é que João Pessoa não tem muitos prédios e os que têm não são muitos altos, algo totalmente inverso ao que acontece na minha cidade.

Depois das 9h, fomos lá para a Estação Cabo Branco, uma estrutura arquitetada pelo Niemeyer que proporciona muita cultura, artes e ciência para João Pessoa. E eu tinha tanta coisa pra falar desse lugar que fiz um post só sobre ele! Se você não leu, dá uma paradinha rápida e corre aqui:


  Estação Cabo Branco, PB {janeiro 2016}
     
Cerca de duas horas depois, subimos uma rua bem próxima à Estação (é melhor até que o carro fique no estacionamento de lá) que leva ao Farol do Cabo Branco, outro ponto turístico bastante conhecido, já que é em frente à Ponta dos Seixas, o ponto mais oriental não só do estado, mas das Américas


Panorâmica da Praia da Ponta do Seixas 

Sendo bem sincera, não tem nada demais lá em cima, além do Farol e da vista bonita, mas ela é bonita MESMO. Minha família até cogitou fazer um passeio de barco lá antes de seguirmos viagem no dia seguinte, mas preferimos conhecer o litoral sul (assunto para outro post!). E essa informação é bem legal, faz a gente se sentir mais pertinho do Oriente

Ou não, mas enfim, vale a visita. :p

  Ponta do Seixas, PB {janeiro 2016}
  Farol Cabo Branco, PB {janeiro 2016}
  Ponta do Seixas, PB {janeiro 2016}
Campanha: vamos refazer a plaquinha do coco! :( 

Com a manhã terminando, e o sol nos castigando, sério, que caloooor fomos almoçar lá no Mangai, um restaurante em Manaíra bem aconchegante, recomendo. 

(Mas no caminho até lá, a gente parou em pelo menos outros dois lugares aleatórios com vistas bonitas, hihi. Sim, ficamos encantados com as praias.)

  Somewhere between ♥
  Somewhere between ♥

Foi só na parte da tarde que começou a maré de azar que mencionei no início do post. Primeiro, porque um dos locais que eu mais queria conhecer estava fechado e, gente, é um parque público! Acreditem, fecharam um parque público EM JANEIRO para reformas. Alguma avisa a prefeitura que isso não foi nada esperto, obrigada. E o pior foi que o cercaram todinho por causa disso, o que não me deu nem um vislumbre... vou te contar, viu? *humpft*

O parque se chama Sólon de Lucena e fica lá na parte alta da cidade, perto do centro histórico. Eu queria conhecer porque já vi algumas fotos bem bonitinhas da Lagoa e alguns ipês (árvores com folhas amarelas são amor ), mas vai ficar para uma próxima. Segundo um mocinho de lá, a reforma é para a construção de ciclovias.

  Igreja São Francisco, PB {janeiro2016}

No centro histórico lá perto, fizemos a visita guiada na Igreja São Francisco, onde nos foi transmitida muitas informações sobre a cultura local antiga. Ela está lá desde o século XVI e aqui vão mais algumas fotinhos:

  Igreja São Francisco, PB {janeiro2016}
  Igreja São Francisco, PB {janeiro2016}
  Igreja São Francisco, PB {janeiro2016}   Igreja São Francisco, PB {janeiro2016}
  Centro Histórico de João Pessoa, PB {janeiro2016}

Achei que valeu a pena, apesar de termos pago uma pequena taxa para entrar na Igreja em si. O que me incomodou foi a visita guiada, que nos fez ficar um bom tempo lá dentro, já que tínhamos que esperar o grupo inteiro para andar em cada cômodo. 

E isso nos levou a segunda parte (e última, obrigada, Deus) da maré de azar: chegamos ao Parque Zoo-botânico Arruda Câmara, também na parte alta, cerca de 10 minutos depois que a bilheteria fechou. 

Juro, eu não estou inventando. Mas tentei enxergar essas desventuras como motivos para voltar à cidade mais rápido. </3 Também faltou conhecer o Jardim Botânico, que fica um pouco mais afastado.

  Orla de Manaíra, PB {janeiro 2016}

No fim da tarde, assim como à noite, ficamos pela orla principal, que abrange Manaíra e Tambaú. Nesse último, há vários locais diferentes com feirinhas de artesanato, mas nada me chamou muito atenção. #sinceridades 

  Eu ♥ Jampa {janeiro 2016}

Ainda lá, mais especificamente no Busto de Tamandaré, está o letreiro clássico para tirar fotos que deve expressar o sentimento de todos que passam por Jampa!

E é isso, gente, esse foi meu dia em João Pessoa. Apesar dos contratempos, deu pra perceber que recomendo a visita a todos, né? Volto logo para falar da despedida na manhã seguinte, quando paramos em algumas praias do litoral sul.  

Beijos,


Escrito por: Lisete Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Parceria

Newsletter

Publicidade

Booking.com