9 de janeiro de 2016

Lugares para amar em Gramado e Canela

Gramado - RS { ago 2015 }

Decidi falar mais um pouquinho dessa região que eu gosto tanto, até porque não tinha registrado aqui todos os lugares legais que fui. No quarto e penúltimo dia de viagem, logo pela manhã, a gente foi parar em Nova Petrópolis, que fica só a uns trinta minutos de distância de Gramado (é bem pertinho mesmo!). Eu amo a cidade e por causa disso tem post onde eu falo só dela! Falei sobre a Praça das Flores e o Parque Aldeia do Imigrante.

Esse dia foi o pior de todos no sentido calor e cansaço. Chegou a fazer 31ºC em Nova Petrópolis e em Gramado estava 28ºC! Ainda bem que eu tinha roupas que davam tranquilamente para usar nessa temperatura, porque vi gente com botas, toucas etc e ficava suada só de olhar. Como aguentaram eu nunca vou saber.

Gramado é uma cidade linda e eu nunca vou cansar de repetir isso por aí. Canela, sua vizinha, não fica muito atrás não, apesar de quase sempre vir em segundo lugar. Todas duas têm infinitos lugares maravilhosos para visitar, e é quase impossível ir em todos. Eu já fui duas vezes e mesmo assim continuo com vários na lista para conhecer (mas é sempre bom ter motivos para voltar, né?).


PRAÇA DA CATEDRAL DE PEDRA


Catedral de Pedra, Canela - RS

Eu já comentei sobre o nosso terceiro dia de viagem em outro post, que foi sobre a rota romântica (que é super aceitável e legal de fazer com a irmã/amigos/família), e como o quarto dia começou já indo em outra cidade e voltando, de tarde nós estávamos sem rumo e (ênfase aqui) com fome.

A gente decidiu ir perambular pela Av. Borges de Medeiros em busca de um lugar para almoçar e acabamos no Sabor de Famile, que fica na Pedro Benetti, rua ao lado da Igreja São Pedro e bem do ladinho da minha pastelaria preferida de todos os tempos, O Pasteleiro (sou grata por todas as vezes que esse lugar matou nossa fome).

Com a questão da fome resolvida, a gente ainda não tinha visto nada de Canela, então foi só somar um mais um. Em frente ao restaurante mesmo tem um local de taxi e só não fomos parar na frente da Catedral de Pedra porque o taxista era um moço muito apressado, mas ele nos deixou bem perto e acabou sendo até bom fazer o resto do caminho a pé, em meio àquelas cerejeiras lindas e super fotogênicas.

Canela - RS {agosto 2015}
Catedral de Pedra, Canela - RS {agosto 2015}

Estava muito quente naquele dia. Bem diferente da primeira vez que estive lá, quando o dia estava coberto por neblina e eu não conseguia ver nem o teto da igreja nos breves minutos que entrei nela. Dessa vez eu estava quase derretendo, mas pelo menos as fotos ficaram relativamente mais bonitas, porque dá para ver a construção melhor. Eu e a Jess ficamos um tempo sentadas na grama em volta da igreja - no dia, tinha uma turma de catequese ou crisma fazendo algumas atividades e cantando e eu por um momento me senti inserida no dia a dia normal da cidade.

Sem título

A Igreja Nossa Senhora de Lourdes (mas que é conhecida basicamente como a Catedral de Pedra) é uma construção em estilo gótico e o símbolo da cidade. Eu juro que é impossível se perder em Canela: não só por ser uma cidade pequena, mas se em algum momento se sentir perdido, mira na torre da igreja e vai! Independentemente de religião, com certeza é um lugar que vale a pena ser visitado.

Canela - RS {agosto 2015}

Nesse post só vou citar a Catedral porque infelizmente não deu pra explorar muito Canela dessa vez. Mas lá tem vários outros lugares lindos como o Parque do Caracol e o Castelinho Caracol! Citei mais alguns nesse outro post. :)


LAGO NEGRO


Lago Negro, Gramado - RS
O de verdade e o de mentira
Do centro de Canela, fomos direto para um dos melhores lugares de Gramado: o Lago Negro. É o tipo de lugar que sempre merece uma visita, independentemente de já conhecer ou não, e é super calmo e fotogênico. Ele consegue passar tranquilidade mesmo lotado de turistas, é uma coisa impressionante. Acho que porque todo mundo ali está em busca de uns minutinhos de paz, que ele com certeza oferece.

Sem título
Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}
Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}
Lago Negro, Gramado - RS

A gente ficou um tempinho bom por lá, andando e fotografando, e o Lago Negro foi o local que protagonizou um dos momentos mais doidos da viagem. Isso porque a gente meio que não tinha como voltar pro hotel e não fazíamos a mínima ideia de como fazer isso. 

O Lago fica um pouquinho afastado do centro e não rolou de memorizar o caminho que o táxi fez na ida, sem falar que é muito difícil encontrar um pra voltar. No fim das contas, eu decidi seguir as placas indicativas, que sempre tem nas ruas de lá, na direção do Lago Joaquina Rita Bier, que eu sabia que fica na Borges de Medeiros - praticamente o coração da cidade.

Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}
Lago Joaquina Rita Bier, Gramado - RS {agosto 2015}
Duas crianças felizes e cansadas!

Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}

Dá certo, mas cansa. Ir a pé do Lago Negro até o centro da cidade não é uma boa ideia se está no fim do dia e você já passou ele todo caminhando. É sério. Enquanto eu seguia as placas, a Jess checava no gps, então não tinha como se perder, mas o cansaço é inegável.

Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}
Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}
Lago Negro, Gramado - RS {agosto 2015}


LAGO JOAQUINA RITA BIER


Lago Joaquina Rita Bier, Gramado - RS {agosto 2015}

Tudo isso foi compensado quando a gente chegou nesse outro lago. O sol estava perto de se pôr e a luz estava maravilhosa! Nós praticamente nos jogamos lá para descansar antes da última parte do percurso - por ser mais vazio, o lugar consegue ser ainda mais calmo que o Lago Negro. ♥

Lago Joaquina Rita Bier, Gramado - RS {agosto 2015}

No lago Joaquina é onde acontece uma parte do Natal Luz, então eu não sei se é possível visitá-lo nessa época por causa da estrutura do espetáculo. Eu gostei muito de ir lá e conhecer de perto, da primeira vez só vi de longe durante o Nativitaten (atual Eu sou Maria). 


AVENIDA BORGES DE MEDEIROS


Sem título

A Avenida que ilustra a primeira foto desse post e também conhecida por ser o coração da cidade. Tem de tudo lá! Na minha opinião, é basicamente o ponto principal de Gramado, a partir dela você consegue chegar em vários lugares. Depois de sair do Lago Joaquina, a gente seguiu por ela e passou também pela Praça das Etnias (que minha irmã não aguentou parar pra olhar na hora, por motivos óbvios de cansaço, mas eu arrastei ela na manhã seguinte) e pela Praça das Bandeiras.

Praça das Etnias, Gramado - RS {agosto 2015} Praça das Etnias, Gramado - RS {agosto 2015}
Gramado - RS {agosto 2015}
Praça das Bandeiras na hora do pôr do sol ♥

Sem títuloFoto aleatória da manhã seguinte, morrendo de frio em um banquinho a algumas quadras da Praça das Etnias, enquanto esperava uma lojinha de lembranças abrir. Esse banquinhos ao longo da Avenida são a cara da cidade ♥

Na Praça das Etnias tem uma casa italiana com várias memórias e relíquias da época da imigração. É muito legal entrar lá, especialmente quem gosta desse tipo de história. Em agosto de 2015, o valor simbólico para a visita foi R$2.

Sem título

É quase como no museu do Parque Aldeia do Imigrante, que trata da imigração alemã. Como eu disse, eu fui lá só no dia seguinte por causa do cansaço, mas dá pra visitar a casa em poucos minutos e depois só ficar por lá pela praça (que também tem uma área alemã, assim como portuguesa). ♥

Gramado - RS

Na Avenida Borges de Medeiros, e logo em frente à Praça das Etnias, fica a rua mais famosa de Gramado: Rua Emílio Sorgetz, ou só Rua Torta. Ela é muito linda e dá pra tirar um monte de foto legal, é só ter cuidado (porque passa sim carro por lá, mesmo a maioria das pessoas achando que não!).

Rua Emilio Sorgetz, Gramado - RS
Foto linda que a Jess tirou! Sou fã, ela arrasa ♥

Sem título

Tentei tirar mais algumas fotos no caminho mas a essa altura a gente realmente aguentava fazer pouca coisa. Depois de tudo, a gente ainda parou na Fonte do Amor Eterno pra tirar fotos dela ainda com a luz do dia (amo o fato de que em alguns lugares do país escurece bem tarde), mas foi só isso. No dia seguinte só deu mesmo pra visitar a Praça e tirar as últimas fotos da cidade, porque já tínhamos que retornar para Porto Alegre. Mas eu já não vejo a hora de voltar. See you, Gramado. ♥

Sem título
just keep me where the light is ♫


Outros posts da viagem:



Beijos, Jen. ♥

(update) fiz um videozinho com momentos da viagem, ele tá bem aqui :)


Escrito por: Jennifer Macieira


 

6 comentários:

  1. Olá, amei o post. As fotos estão simplesmente lindas !
    Você tem dicas para viajantes de primeira ? Obrigada ! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jaque! Fico muito feliz, obrigada! ♥
      Viajantes de primeira de um modo geral ou só para Gramado? Se for de um modo geral, é sempre legal começar visitando lugares mais próximos pra ir pegando segurança. Mas se for só pra Gramado mesmo, eu falei sobre os lugares que eu mais gosto em todos os posts anteriores. :)
      Obrigada pelo comentário! Beijos

      Excluir
  2. Vá até a Brocker Turismo no Centro de Gramado, e compre Voucher (Bus Tour), para, pelo menos, uns 04 dias (terá desconto), para conhecer muitos dos Atrativos que Gramado e Canela oferecem (que são em torno de 38 a 42).
    Eu consegui fazer quase todos os atrativos, em 05 (cinco) dias. MUITO BOM DEMAIS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar super bem sobre o bus tour!! Parece uma opção bem boa pra quem tá sem carro, acho que deve valer mesmo a pena! obrigada pela dica, já está anotada para a próxima vez :D

      Excluir
  3. Apaixonada pelas fotos através do teu olhar! Moro do lado de Gramado e cada visita é um novo amor. Mas as tuas fotos me passaram algo maravilhoso. Caso apareça por essas bandas novamente, dá um grito, que nos encontramos. Deixa eu te pedir, se permite, mas qual tua câmera e lente que tirou as fotos? A foto da Rua Emílio é a minha preferida. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Polyana! Morar do ladinho de Gramado soa maravilhoso...
      Fiquei muito feliz que gostou das minhas fotos ♡ Nessa viagem usei uma Nikon D5100 com as lentes 50mm e 18-55mm, mas atualmente uso uma Canon 6D com uma 50mm.
      Se eu e a Lis passarmos por aí qualquer dia (torço muito!), pode deixar! Não vejo a hora de voltar pra esse lugar lindo. ♡ Beijos

      Excluir

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Newsletter

Publicidade

Booking.com