25 de agosto de 2015

O fabuloso destino de Amélie Poulain | Filme

Resultado de imagem

Eu não sou exatamente uma pessoa apaixonada por filmes. Sinceramente, eu não tenho a menor paciência com eles. A maioria dos filmes que eu assisto são adaptações de livros que eu gostei, e até dos que eu não gostei eu costumo assistir pra ver se a história se dá melhor com as telas do que com as páginas.

Eu não sei o que acontece, mas em algum ponto eu simplesmente não consigo mais ficar parada e vou fazer outra coisa, principalmente quando estou em casa. Por isso não é incomum eu falar que “assisti” a um filme quando na verdade vi partes isoladas e peguei a ideia dele como um todo.


Porém, existem filmes e filmes, e é por esse motivo que eu vim aqui hoje: me apaixonei recentemente por uma história que já é até bem famosa, tanto que quis escrever um pouquinho sobre ela no blog. O filme em questão o título deixou bem claro: O fabuloso destino de Amélie Poulain.

Caso queira: dê o play e leia o post ouvindo essa música pra entrar no clima ♥



Eu considero que não tenho o menor tato pra falar sobre o assunto, tanto que quem normalmente escreve sobre ele aqui no blog é a Lis, mas vou tentar dessa vez porque essa história realmente me conquistou, e eu acho que quem não viu ainda deveria mudar logo isso!


Amélie Poulain sempre foi uma criança diferente, com uma família mais diferente ainda (por diferente entendam “estranha”), muito disso por ter sido criada distante de outras crianças. Quando fica adulta, ela passa a trabalhar como garçonete em uma cafeteria de Montmartre, em Paris, no mesmo bairro onde mora. Ela passa a ver a vida de um modo diferente depois de um acontecimento: ela encontra uma caixa antiga de brinquedos em seu apartamento e se empenha para descobrir seu dono. Ela jura a si mesma que, se ele se emocionar, passará a levar a vida através de pequenas boas ações.

Eu achei isso o mais incrível do filme, fora a forma peculiar como ele é contado. É muito inspiradora a forma como Amélie se entrega de verdade em suas pequenas missões, sempre com o propósito de ajudar, ver o sorriso de alguém e fazer algum bem. 

Ela é uma mulher extremamente introvertida, e isso só torna ainda mais especial todo o esforço extra que ela faz. Mesmo assim, tudo isso não preenche o imenso vazio que ela sente até encontrar um amor pelo qual lutar. 

Tudo é mostrado de uma forma muito singular e até meio fantasiosa, e que faz a história combinar ainda mais com sua frase mais famosa (e que me fez ficar com vontade de assistir ao filme): os tempos estão difíceis para os sonhadores - ou les temps sont durs pour les rêveurs, na língua original.


Outra coisa maravilhosa nesse filme: a fotografia. Eu não costumo observar essas coisas e nem mesmo opinar, mas não posso negar o quanto as cores, formas e ângulos deixam tudo em uma harmonia perfeita. Os diálogos também são bem escassos, e isso só exalta o modo eficiente com que a mensagem do filme é passada. ♥

A cafeteria onde a Amélie trabalha existe de verdade e se tornou bastante famosa em Paris após o filme, ela se chama Cafe des 2 Moulin. 

Problema nessa história só existe um: enquanto você assiste é cultivada uma vontade que aumenta ainda mais quando o filme acaba - a de ir direto para o aeroporto e pegar o próximo voo para Paris. E aí, como faz?

gif que retrata uma das cenas mais especiais ♥

Espero que todo mundo que ainda não viu, veja essa história e se apaixone tanto quanto eu! Vocês podem assistir ao trailer aqui. 

Beijos,
Jen


Escrito por: Jennifer Macieira
Arquivado em


 

17 comentários:

  1. Ahhh, esse filme é apaixonanteeeeeeee!
    Lembro que quando assisti, fiquei encantada e comecei a procurar desesperadamente por outros filmes franceses que fossem parecidos, mas acho que ele é uma obra ímpar mesmo e só me resta assistir de novo e de novo e de novo até cansar - ou seja, nunca.

    Beijinhos,
    Gabi do www.calorescencia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmmm, realmente!
      Esse filme é muito especial mesmo, eu gostei dele de uma forma que não sei nem explicar muito bem <3
      A vontade de ir assistir novamente já tá batendo, hahaha.
      Beijos!

      Excluir
    2. Procura por um filme chamado: Amor não tem preço, é com a Audrey Tautou também, não é como este, mas é excelente também.

      Excluir
  2. Oi Jennifer!

    Esse com certeza é um dos meus filmes preferidos da vida! Tem um enredo tão simples, mas ao mesmo tempo tão tocante, né? Também senti essa vontade enlouquecedora de ir à Paris assim que o filme acabou... E de me tornar amiga da Amélie, de tão fofa!

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Clara :)
      Ele se tornou um dos meus favoritos também <3 E eu concordo com você, a simplicidade da mensagem deixa mais especial. E a Amélie (e o Nino também) ♥
      Beijos!

      Excluir
  3. Ai, eu amo esse filme! Sou um tanto como você, não gosto muito de filmes, mas esse cativa tão lindamente que não dá nem para sentir o tempo passar, por isso que quando acabou eu fiquei "mas já?!" kkkkkkkkk e agora eu quero assistir de novo... Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bate aqui! Esse filme é bonitinho demais <3 também achei que passou rápido, e isso é uma coisa MUITO difícil de acontecer, hahaha. Vamos assistir juntas, e ainda arrastar a Lis (fiquei chocada quando descobri que ela ainda não viu esse filme)!
      Beijoss :)

      Excluir
  4. Olá,
    Eu vi esse livro em uma época em que não estava madura o suficiente para apreciar as pequenas coisas dele, então nem terminei de ver, mas hoje em dia tenho vontade de assistir do começo, captando as coisas que tinha deixado passar e aproveitando esse filme que é tão promissor.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês!
      Você falou uma coisa importante, é mesmo necessário uma idade mais "estável" pra entender e até apreciar melhor os detalhes dessa história :) Assista novamente sim, é provável que seja uma experiência completamente nova! Beijo

      Excluir
  5. Ai gente, só eu que nunca assisti esse filme? hahaha Já estava morrendo de vontade de ver, mas agora que você falou coisas boas dele, vou assistir urgente! Parece ser muito bom (e todo mundo adora, então...) e tem Paris também <3

    Adorei o post! Beijos
    Meu Conto de Fada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que não, Giuliana! Haha. A Lis também nunca viu e estou com planos de arrastar ela pra ver. Veja também! Super apoio que você assista urgentemente, e Paris <3
      Obrigada! Beijos :)

      Excluir
  6. Oi Jennifer. Tudo bem?
    Eu amoooooo esse filme.
    Super fofo e detalhista.
    E o que deixa o filme mais legal é justamente o que você falou: Amélie se entrega de verdade em suas pequenas missões.
    É um filme muito gostoso de assistir. E a fotografia realmente encanta.
    Adorei sua resenha. Você tem tato para falar sobre o assunto sim. ;)

    Priscila Gatti.
    http://www.lostgirlygirl.com/
    (Tem resenha do filme O Pequeno Príncipe) =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Priscila! Tudo ótimo.
      Fofo e detalhista é uma definição maravilhosa pra ele! A fotografia e a entrega da Amélie: ♥
      Muito obrigada pelo comentário e pelo incentivo, viu? Vou tentar falar mais sobre filmes :)
      Beijos!

      Excluir
  7. Sou como você, não consigo ficar em casa assistindo filmes (e series principalmente), não prendo tanto a minha atenção assim como faço no livros, mas quando o filme é bom...
    Nunca assisti esse filme embora tenha ouvido falar muito bem dele. Parece ser tão simples que isso faz com que ele seja diferente. Ah, e o fato de ser em Paris já é um ponto bem positivo. inda quero assistir-lo, quem sabe não no final de semana?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, como eu amo encontrar alguém que se identifica com isso <3 <3 sério, eu sofro porque as vezes até quero ver algum filme, mas simplesmente não consigo ter paciência de ficar quieta assistindo. Com os livros isso não acontece!
      Também já vi bastante gente falando bem dele, mas eu mesma gostei tanto que não pude deixar de registrar minha própria opinião ♥
      Super recomendo que veja nesse final de semana! Beijos e obrigada por comentar :D

      Excluir
  8. Oi, Jen! Eu gosto muito de filmes, ao contrário de você hahahah mas também entendo essa vontade de sair fazendo outras coisas porque se o filme é lento demais, me pego jogando um joguinho no celular e só ouvindo os diálogos. Mas muita gente já falou super bem desse filme e só de se passar em Paris já me dá uma vontade imensa de ver! Fiquei mais animada com seus elogios, acho que se der verei ainda hoje porque senão acabo enrolando pra ver, haha.
    Beijos!
    Isa.
    Portal dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa!
      Pior coisa filmes lentos </3 as vezes a história até compensa né, mas nem sempre isso acontece. Veja Amélie! Ele é tão fofinho e você já gosta de filmes, acho que é praticamente certo que vai gostar! Nem preciso dizer que apoio muito que você veja hoje ainda, ne? Hahaha. Beijos!

      Excluir

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Parceria

Newsletter

Publicidade

Booking.com