17 de setembro de 2013

Sob a Rosa (Sociedade Secreta) | Resenha

Esse post poderá conter spoilers do primeiro livro da série - Rosa e Túmulo. Se você ainda não conhece, basta clicar aqui para conferir a resenha.

Em Sob a Rosa, o conflito inicial com os patriarcas da Rosa e Túmulo foi resolvido. Apesar de alguns ainda se oporem às mulheres, elas fazem parte do grupo que precisa dar continuidade à sociedade, mas agora estão surgindo conflitos internos: alguém traiu a sociedade e está revelando alguns de seus segredos em um site, chamando a atenção dos patriarcas novamente e da imprensa, mas ninguém sabe quem.

O segundo livro da série Sociedade Secreta demorou um pouquinho mais do que o primeiro para me envolver, mas ele trouxe um pouco mais de mistério e romance. Como eu já disse na resenha de Rosa e Túmulo, a vida amorosa da Amy não é lá muito inspiradora. Nem cheguei a citar George Prescott, porque eles não tinham se envolvido muito, mas as coisas mudam um pouquinho nesse segundo livro. Ele e a Amy começam a se encontrar com frequência e apesar de alguma atitudes infantis e da má fama, ele tem um lado envolvente que é mostrado desde o primeiro livro.  

Amy tem um jeito bem descompromissado, mas não fiquei com a impressão que ela tivesse um mau caráter por isso. Na verdade, quase no final do livro, em um momento crítico entre ela e o George, ela toma uma atitude super sensata que eu adorei. Sua personagem se firmou como uma das minhas protagonistas preferidas graças à sua personalidade forte. 

Sobre os personagens secundários, preciso comentar sobre a Lydia, a melhor amiga de Amy, que não conseguiu conquistar minha simpatia, ainda que ganhe certa importância na narrativa. Ao menos, Josh, seu namorado coveiro, teve um efeito contrário.

De volta ao conflito, todos estão empenhados em descobrir quem é o traidor(a), mas isso acaba os consumindo e causando discórdia. Amy esperava que a Rosa e Túmulo fosse uma oportunidade de conhecer gente nova e socializar, mas acontece que toda a confusão em que a sociedade está envolvida acaba tomando muito do tempo de todos e ela até começa a se prejudicar nos estudos.

Tentando manter seus juramentos e proteger a sociedade, Amy começa a investigar e, por falta de opção mesmo, precisa recorrer à uma pessoa que tornou sua vida durante a iniciação bem difícil: Poe. Vamos admitir que ele é bem chato no início, mas, a partir desse livro, a autora já vai nos direcionando a uma nova opinião em relação a ele. Sob a Rosa mostrou seu lado mais divertido e sensível também. Pelo o que vi da sinopse de Ritos de Primavera, o terceiro livro, seu personagem vai ganhar mais importância e eu quero só ver no que isso vai dar. 

Está sendo muito legal acompanhar essa série e, ainda que ela tenha uma média de preço bem alta, eu não poderia recomendá-la mais. Está mesmo valendo a pena!

  • Série: Sociedade Secreta #2
  • Autora: Diana Peterfreund
  • Editora: Galera Record
  • 448 páginas
  • 4/5 estrelas

Acompanhe o blog também pelo instagram | facebook ♥


Escrito por: Lisete Reis


 

Um comentário:

  1. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir

Nos conta sua opinião. ♡ Assim que podemos, publicamos e respondemos todos os comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

https://twitter.com/maccieirahttps://www.instagram.com/jennifermacieira/https://www.flickr.com/photos/113227884@N07/



https://www.instagram.com/lisete_reis/https://www.flickr.com/photos/153046504@N02/

Facebook

Instagram

Youtube

Parceria

Newsletter

Publicidade

Booking.com